11 5632-3040 suporte@ttisi.com.br

A iniciativa é muito importante para conquistarmos o que desejamos na vida pessoal ou profissional, e todas as pessoas, independentemente do perfil comportamental (medido por instrumentos de assessment e demonstrados normalmente por gráficos), possuem iniciativa.

Não raro esta característica é atribuída apenas a pessoas com uma alta intensidade de dominância e influência, e, por consequência, as pessoas com os padrões comportamentais predominantes de estabilidade e conformidade seriam desprovidas deste comportamento, tão importante na vida de todos.
Segundo algumas leituras de ferramentas de perfis comportamentais (DISC, por exemplo), algumas pessoas já nascem com a privilegiada marca da iniciativa e outras, infelizmente, são condenadas a uma vida sem poderem viver com iniciativa, uma vida obviamente com menos brilho e menor chance de sucesso.

É importante não confundirmos ousadia, agressividade, gregariedade e carisma, características normalmente associadas à dominância e à influência, com a presença de iniciativa.

Também é recomendável não misturar paciência, modéstia, perfeccionismo e formalidade, características comumente relacionadas à estabilidade e à conformidade, com a ausência de iniciativa.

Uma pessoa com uma alta intensidade de dominância e influência, que ao acordar não sabe para onde vai e o que é de sua responsabilidade nos ambientes que frequenta, poderá não ser percebida como uma pessoa de iniciativa, muitas vezes será vista como uma pessoa de “agitativa”, uma pessoa que ao final do dia não fez nada, ou quase nada.

Isso pode acontecer, por exemplo, quando uma pessoa com alta dominância e influência está desempregada e acorda de manhã sem clareza de seu lugar no mundo ou sem saber quais são suas responsabilidades ao chegar ao trabalho.

Pense se uma pessoa não pode ter a iniciativa comprometida, em alguma das situações abaixo:

  • A pessoa não sabe qual o seu lugar no mundo.
  • Não sabe direito quem é.
  • Sem clareza de suas responsabilidades ao chegar ao trabalho.
  • Incerta a respeito de suas obrigações em casa, como marido/esposa, filho/filha ou qualquer outro papel.

A iniciativa é algo anterior ao perfil comportamental, sendo este apenas responsável por definir a cor ou o estilo da iniciativa, conforme explicado abaixo:

Dominância (vermelho) – Iniciativa em “linha reta”, com coragem e maior urgência.
Influência (amarelo) – Iniciativa com persuasão, convencimento, envolvendo pessoas.
Estabilidade (verde) – Iniciativa com planejamento e método.
Conformidade (azul) – Iniciativa com cautela, pensando bem antes de agir.

Ter iniciativa é fundamental para chegarmos aonde queremos. Perfis comportamentais mostram como iremos chegar, não se a pessoa possui ou não iniciativa.

A iniciativa não pertence ao DISC, ela pertence àqueles que possuem um elevado nível de autoconhecimento, além de saberem como e aonde querem chegar.

Viva a verdadeira INICIATIVA!

×